Neutralização de carbono por meio de inventário das emissões de gases de efeito estufa a partir do planejamento institucional da UFU

Eunir Augusto Reis Gonzaga (Universidade Federal de Uberlândia)

Download PDF | 251 visitas

Abstract

As ações antrópicas após a Revolução Industrial passaram a considerar o Meio Ambiente como espaço fornecedor de recursos naturais ao Capital. Com isso suprimiu-se a vegetação nativa de diversos biomas, substituindo o espaço por cidades, indústrias, agriculturas, pastagens, gerando poluição atmosférica, o que impactou diretamente no atual contexto de mudanças climáticas. Nesse sentido, observou-se a ausência de registros públicos de inventários, contendo emissões de gases de efeito estufa da UFU. O propósito do trabalho foi identificar no planejamento institucional indicadores para combustão estacionária, combustão móvel, emissões fugitivas, atividades agrícolas, resíduos sólidos e efluentes, para o Escopo 1, e aquisição de energia elétrica e de energia térmica para o Escopo 2, utilizando a ferramenta GRI intersetorial. Escolheu-se a metodologia GHG Protocol por ser um padrão internacionalmente aceito. Os principais resultados obtidos foram as emissões de CO2 Equivalente, propondo neutralização por meio do plantio de mudas nativas do Bioma Cerrado. O inventário não apenas pode viabilizar a implantação de medidas para mitigação e compensação, como também, otimizar gastos públicos, contribuindo com a Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P).

Palavras-chave: Gases de Efeito Estufa; Meio Ambiente; Neutralização de Carbono; Planejamento; Sustentabilidade.

The anthropic actions after the Industrial Revolution began to consider the environment as a space supplier of natural resources to the Capital. It suppressed the native vegetation of different biomes, replacing the space for cities, industry, agriculture, pastures, causing air pollution, which directly impacted in the current context of climate change. In this sense, it was noticed that there was a lack of public records inventories, containing greenhouse gases from UFU. The purpose of the study was to identify the institutional planning indicators for stationary combustion, mobile combustion, fugitive emissions, agricultural activities, solid waste and wastewater, for Scope 1 and acquisition of electricity and thermal energy for Scope 2 using the tool intersectoral GRI. We chose the methodology GHG Protocol for being an internationally accepted standard. The main results were the emissions of equivalent CO2, proposing neutralization through the planting of native plants of the Cerrado Biome. The inventory can not only enable the implementation of measures for mitigation and compensation, as well as optimize public spending, contributing to the Environmental Agenda of Public Administration (A3P).

Keywords: Greenhouse gases; Environment; Carbon Neutral; Planning; Sustainability.

Referências

Instrução Normativa SLTI Nº 10/12 - Estabelece regras para elaboração dos Planos de Gestão de Logística Sustentável de que trata o art. 16, do Decreto nº 7.746, de 5 de junho de 2012, e dá outras providências. BRASIL (2012) http://www.mme.gov.br/documents/10584/1154501/...

Logística sustentável: avaliação de estratégias de redução das emissões de CO2 no transporte rodoviário de cargas. Daniela Bacchi Bartholomeu; Thiago Guilherme Péra; José Vicente Ca... ‒ Journal of Transport Literature (2016)

Desempenho operacional e opacidade da fumaça do trator agrícola em função do tipo de biodiesel (Soja X Murumuru) em operação de preparo do solo. Murilo Coelho Theodoro Neves ‒ UNESP (2012) http://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/1...

Respostas às mudanças climáticas: inovação tecnológica ou mudança de comportamento individual?. Fabián Echegaray; Michele Hartmann Feyh Afonso ‒ Estudos Avançados (2014)

Água: a escolha da ciência. Marcio Miguel Automare ‒ Estudos Avançados (2015)

Governança ambiental e economia verde. Pedro Roberto Jacobi; Paulo Antonio de Almeida Sinisgalli ‒ Ciência & Saúde Coletiva (2012)

As dimensões demográficas das mudanças climáticas: cenários de mudança do clima e as tendências do crescimento populacional. Ricardo Ojima ‒ Revista Brasileira de Estudos de População (2011)

Mudança climática e adaptação no Brasil: uma análise crítica. Martin Obermaier; Luiz Pinguelli Rosa ‒ Estudos Avançados (2013)

Identificação dos níveis de degradação de matas ripárias com o uso de SIG. Roseli Mendonça Dias; Nemésio Neves Batista Salvador; Magno Botelh... ‒ Floresta e Ambiente (2014)

Preparação de arquivos climáticos futuros para avaliação dos impactos das mudanças climáticas no desempenho termoenergético de edificações. Bruna Gomes Casagrande; Cristina Engel de Alvarez ‒ Ambiente Construído (2013)

Emissões de motor agrícola com o uso de diferentes tipos de diesel e concentrações de biodiesel na mistura combustível. Gismael Francisco Perin; José Fernando Schlosser; Marcelo Silveira... ‒ Pesquisa Agropecuária Brasileira (2015)

Breve análise da estratégia da União Europeia (UE) para a eficiência energética do ambiente construído. Fernando Pacheco Torgal ‒ Ambiente Construído (2013)

É correto pensar a sustentabilidade em níval local? Uma análise metodológica de um estudo de caso em uma Área de Proteção Ambiental no litoral sul do Brasil. Aníbal Rodrigues; Humberto Tommasino; Guillermo Foladori; Anderson... ‒ Ambiente & Sociedade (2003)

Água e mudanças climáticas. José Antônio Marengo ‒ Estudos Avançados (2008)

Unidades demonstrativas de Restauração Ecológica através de Técnicas Nucleadoras: Floresta Estacional Semidecidual, Cerrado e Restinga. F C Bechara ‒ Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo (2006)

Um programa de compensação ambiental que neutraliza emissões de carbono através de projetos socioambientais de plantio de mudas nativas. Marisa Fagundes Carvalho de Azevedo; Ivo Quintino (2010) http://www.ambientalcompany.com.br/Arquivos/Ma...

Good Practice Guidance for Land Use, Land-Use Change and Forestry. IPCC (2003) http://www.ipcc.ch

Impacto das mudanças climáticas no zoneamento agroclimático do café no Brasil. Eduardo Delgado Assad; Hilton Silveira Pinto; Jurandir Zullo Junio... ‒ Pesquisa Agropecuária Brasileira (2004)

Tecnologia da Informação Verde: Um Estudo sobre sua Adoção nas Organizações. Ana Carolina Salles; Ana Paula Ferreira Alves; Décio Bittencourt D... ‒ RAC-Revista de Administração Contemporânea (2016)

Lei Nº 12.305 - Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos. BRASIL (2010) http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-...

Decreto Nº 5.940 - Institui a separação dos resíduos recicláveis descartados pelos órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta, na fonte geradora, e a sua destinação às associações e cooperativas dos catadores de materiais recicláveis, e dá outras providências. BRASIL (2006) http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-...

Portaria Nº 23 - Estabelece boas práticas de gestão e uso de Energia Elétrica e de Água nos órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional e dispõe sobre o monitoramento de consumo desses bens e serviços. BRASIL (2015) http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visuali...

Fatores médios de emissão de CO2 grid mes ano. MCTI (2014) http://www.mct.gov.br/upd_blob/0238/238209.htm

Universidade Federal de Uberlândia - Anuário 2014 - Ano Base 2013. UFU (2014) http://www.ufu.br/pagina/anuário-2014-ano-bas...

Modelo para Determinar a Neutralização dos Gases do Efeito Estufa com Custo Mínimo Usando Árvores Nativas do Cerrado Tocantinense. Marcelo Lisboa Rocha ‒ XLVI SIMPÓSIO BRASILEIRO DE PESQUISA OPERACIONAL (2014)

Guidelines for National Greenhouse Gas Inventories. IPCC (2006) http://www.ipcc.ch

World Resources Institute - Especificações do Programa Brasileiro GHG Protocol. WRI (2010) http://www.fgv.br/ces/ghg

ISO NBR 14031:2015 - Gestão ambiental: avaliação de desempenho ambiental e diretrizes. ABNT (2015) https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=...

Aspectos físico-químicos e ambientais dos combustíveis. Ivan Dutra Faria (2010) http://www.senado.gov.br/conleg/textos_discuss...

Os Desafios Institucionais e Municipais para implantação de uma cidade universitária: o Câmpus Glória da Universidade Federal de Uberlândia. Élisson César Prieto ‒ Universidade Federal de Uberlândia (2005)

Inventário e gerenciamento de emissões de gases de efeito estufa na indústria de bebidas: Um estudo de caso no Brasil. Ingrid Person Rocha e Pinho ‒ Universidade Federal do Rio de Janeiro (2009) http://www.ppe.ufrj.br/ppe/production/tesis/in...

Universidade Federal de Uberlândia - Plano Institucional de Desenvolvimento e Expansão - PIDE. UFU (2010) http://www.pide.ufu.br/sites/pide.ufu.br/files...

Universidade Federal de Uberlândia - Resolução Nº 26/2012 do CONSUN - Estabelece a Política Ambiental da Universidade Federal de Uberlândia. UFU (2012) http://www.sustentavel.ufu.br/sites/sustentave...

ISO 14.064-3:2007 - Gases de Efeito Estufa. Parte 3: Especificação e orientação para validação e verificação de declarações relativas a gases de efeito estufa. ABNT (2007)

Centro de Estudos em Sustentabilidade - Especificações de Verificação do Programa Brasileiro GHG Protocol. GVCES (2011) https://s3-sa-east-1.amazonaws.com/arquivos.gv...

Framework Convention on Climate Change - Adoption of the Paris agreement. FCCC (2015) http://unfccc.int/resource/docs/2015/cop21/eng...