Cidade para Pessoas: projeto de urbanismo visando a caminhabilidade na R. 25 de Março

Helena Napoleon Degreas Maira Brigitte Moraes Pelissari

Download PDF | 325 visitas

Abstract

Desenvolver projetos urbanos que atendam as expectativas dos cidadãos em áreas comerciais centrais e de alta complexidade urbana não é tarefa fácil. Este é o caso da Rua 25 de março em São Paulo. Rua de comércio popular, caracteriza-se como centro comercial a céu aberto e que, em datas sazonais, recebe fluxo de aproximadamente um milhão de visitantes por dia. Existe um conflito entre meios motorizados e não motorizados no maior centro de compras a céu aberto da América Latina, impactando mais de um milhão de pessoas por dia em datas sazonais. Este conflito é causado pelas dimensões insuficientes de vias e calçadas, que não provém segurança necessária ao caminhar das pessoas, dificulta a visibilidade das lojas e cria uma competição por espaço entre meios não motorizados e motorizados. Este problema se agrava pela manutenção negligente das calçadas existentes, do mobiliário urbano, da sinalização, da má gestão de águas pluviais e resíduos urbanos, os quais impactam financeiramente nos interesses da Assossiação Comercial e aos frequentadores da região. A proposta de projeto desenvolvida no TCC utilizou métodos e instrumentos de mensuração e qualificação dos espaços urbanos contemporâneos. Para além das ferramentas do planejamento urbano aprendidas ao longo dos últimos anos (contextualização do local por meio de elaboração e leitura de mapas urbanos diversos associados a visitas técnicas em campo), foram priorizadas as diretrizes de concepção de projetos urbanos para a escala do pedestre, de seu olhar e de seu tempo utilizando como referência as ideias do dinamarquês Jan Gehl (Cidade para pessoas), da americana Jannete Sadik Khan (TOD – Transport Oriented development NYC), Jane Jacobs (Morte e vida das cidades americanas) e o material produzido pela SPUrbanismo para a requalificação de áreas centrais. Os resultados das aplicações dos instrumentos, serviram para identificar a forma como as pessoas se utilizam do local para criar espaços de permanência, de locomoção e seus comportamentos. A partir destas informações, foi realizado um diagnóstico com o programa de atividades adequado para o local. A setorização dos usos, facilitou a implantação do mobiliário, dos equipamentos, da iluminação e dos demais serviços prestados pelo novo ambiente para a adequada utilização e consequente qualidade urbana.

Developing urban projects that meet citizens' expectations in central commercial areas and high urban complexity is no easy task. This is the case of Rua 25 de Março in São Paulo. Popular shopping street, it is characterized as an open-air shopping center and, on seasonal dates, receives a flow of approximately one million visitors per day. There is a conflict between motorized and non-motorized media in Latin America's largest open-air shopping center, impacting more than one million people a day on seasonal dates. This conflict is caused by the insufficient dimensions of roads and sidewalks, which does not provide the necessary safety when walking people, hampers the visibility of the stores and creates competition for space between non-motorized and motorized means. This problem is exacerbated by the negligent maintenance of existing sidewalks, street furniture, signage, mismanagement of rainwater and urban waste, which have a financial impact on the interests of the Commercial Association and the goers of the region. The project proposal developed in the TCC used methods and instruments for measuring and qualifying contemporary urban spaces.

Beyond the tools of urban planning learned over the last years (contextualization of the site through the elaboration and reading of several urban maps associated with field visits),were prioritized the guidelines for conception of urban projects for the pedestrian scale, his look and his time using as a reference the ideas of the Danish Jan Gehl (City for people), Jannete Sadik Khan (TOD - Transport Oriented Development NYC), Jane Jacobs (Death and life of the American cities) and the material produced by the SPUrbanismo for the requalification of central areas. The results of the applications of the instruments were used to identify the way people use the place to create spaces of permanence, locomotion and their behaviors. From this information, a diagnosis was made with the program of activities appropriate for the place. The sectorization of uses facilitated the implementation of furniture, equipment, lighting and other services provided by the new environment for proper use and consequent urban quality.

Referências

5 conselhos de desenho urbano, por Jan Gehl. Constanza Martínez Gaete ‒ Archdaily (2016) http://www.archdaily.com.br/br/794345/5-consel...

6 bons exemplos de espaços públicos segundo a PPS. Constanza Martínez Gaete ‒ Archdaily (2016) http://www.archdaily.com.br/br/794360/6-bons-e...

3 ideias do urbanista Kaid Benfield para construir cidades mais verdes e saudáveis. Constanza Martínez Gaete ‒ Archdaily (2016) http://www.archdaily.com.br/br/792473/3-ideias...

As estratégias de Janette Sadik-Khan para humanizar as ruas. Constanza Martínez Gaete ‒ Archdaily (2016) http://www.archdaily.com.br/br/784906/a-estrat...

Conexões entre pessoas e lugares podem ser a chave para a segurança dos espaços públicos. Paula Tanscheit ‒ Archdaily (2016) http://www.archdaily.com.br/br/795022/conexoes...

10 lições de Nova York para melhorar a vida de quem anda a pé em São Paulo. Mauro Calliari ‒ O Estado de São Paulo (2016) http://sao-paulo.estadao.com.br/blogs/caminhad...

Por que uma cidade que parece segura pode se tornar mais segura de fato. André Cabette Fábio ‒ Nexo Jornal (2016) https://www.nexojornal.com.br/expresso/2016/10...

Como o design de interseções e de semáforos impactam o comportamento do pedestre. Nicolae Duduta; Coby Joseph ‒ TheCityFix (2014) http://thecityfixbrasil.com/2014/09/05/como-o-...

Cities Alive: Towards a walking world. Arup (2016) http://cdn.plataformaurbana.cl/wp-content/uplo...

O Papel das ruas compartilhadas: Como recuperar a qualidade de vida no espaço público. Guilhermo Tella; Jorge Amado ‒ Archdaily (2016) http://www.archdaily.com.br/br/794322/o-papel-...

Barcelona vai ampliar "supermanzanas". Marcos de Sousa ‒ Mobilize Brasil / El Periódico (2017) http://www.mobilize.org.br/noticias/10173/barc...

Nova Iorque cria plano com 105 iniciativas para melhorar a mobilidade urbana. Constanza Martínez Gaete ‒ Archdaily (2016) http://www.archdaily.com.br/br/798106/nova-ior...

Dez cidades abrem ruas para devolvê-las às pessoas. Paula Tanscheit ‒ Archdaily (2017) http://www.archdaily.com.br/br/806515/dez-cida...

Barcelona inaugura sua primeira "superquadra" voltada para pedestres e ciclistas. Constanza Martínez Gaete; traduzido por Romullo Baratto. ‒ Archdaily (2016) http://www.archdaily.com.br/br/795024/barcelon...

Cero muertes en accidentes de tránsito: La meta de “Vision Zero”. Constanza Martínez Gaete ‒ Plataforma Urbana (2014) http://www.plataformaurbana.cl/archive/2014/07...

Strategic Plan 2016. NYC DOT (2016) http://cdn.plataformaurbana.cl/wp-content/uplo...

400km Essa é a meta para 2016: entregar à cidade 400 km de ciclovias. CET (2016) http://www.cetsp.com.br/consultas/bicicleta/40...

Arquitetura da paisagem - Entrevista com Rosa Kliass. Simone Sayegh ‒ Revista AU (2004) http://www.au.pini.com.br/arquitetura-urbanism...

Ranking 2016 das cidades mais populosas e densas do mundo. Constanza Martínez Gaete; Romullo Baratto ‒ Archdaily (2016) (http://www.archdaily.com.br/br/791228/ranking...

Superblocks: How Barcelona is taking city streets back from cars. Vox ‒ Vox (2016) https://www.youtube.com/watch?v=ZORzsubQA_M

INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº. 06/2011 Acesso de viatura na edificação e áreas de risco. SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA; POLÍCIA MI... (2011) http://www.bombeiros.com.br/new/legislacao/IT_...

IP – 02/2004 CLASSIFICAÇÃO DAS VIAS . Prefeitura; Secretaria de Infraestrutura (2004) http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secreta...

Mobilidade Urbana: o caminhar pela cidade de São Paulo. Helena Napoleon Degreas; Rafaella Ayumi Kaneko; Gabriella Racciatt... ‒ XI Colóquio Capa Sel - Quadro de Paisagismo no Brasil (2016)

Anexo IX - Livro IX Plano Regional Estratégico da Subprefeitura da Sé. Prefeitura de São Paulo (2014) http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secreta...

IP – 02/2004 CLASSIFICAÇÃO DAS VIAS. Prefeitura de São Paulo (2004) http://migre.me/wF28d

Intervenções em Centros Urbanos. Heliana Comin Vargas; Ana Luisa Howard de Castilho (2015)

Diagnóstico 25 de Março e Região - Relatório. Maira Brigitte Moraes Pelissari; Ariadne Silva de Sousa; Adriano A... (2016) https://pt.slideshare.net/HelenaDegreas1/activ...

25 de Março tem o m² mais caro que a Oscar Freire. Adriana Ferraz ‒ Estadão (2013) http://www.estadao.com.br/noticias/geral,25-de...

Comerciantes tradicionais deixam a rua 25 de Março. AE ‒ Estadão (2012) http://www.estadao.com.br/noticias/geral,comer...

Os 150 anos da Rua 25 de Março e por que ela tem esse nome. Marcelo Duarte (2015) (http://spcuriosos.uol.com.br/os-150-anos-da-r...

São Paulo. Raquel Rolnik (2014)

Depois do Movimento Moderno: Arquitetura da metade do século XX. Josep Maria Montaner (2001)

Lições de Arquitetura. Herman Hertzberger (2015)

Guia de boas práticas para os espaços públicos da cidade de São Paulo. Prefeitura de São Paulo; Gestão Urbana (2016) http://gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/wp-co...

O que é cidade. Raquel Rolnik (1988)

Conversa com estudantes. Rem Koolhaas (2002)

Novos Espaços Urbanos. Jan Gehl; Lars Gemzoe (2002)

Cidade para Pessoas. Jan Gehl (2015)

Cidade e Urbanismo no mundo. Jean Pelletier; Charles Delfante (1997)

XII ENCONTRO CIENTÍFICO E DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI . ‒ PROGRAMAÇÃO DO XII ENCONTRO CIENTÍFICO E DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI (2016) http://migre.me/wF2tv
Categoria | Grupo de TCC Título | Cidade para pessoas: proposta de projeto urbano visando a caminhabilidade da Rua 25 de Março Autor(es) | Ariadne Silva de Sousa Maira Brigitte Moraes Pelissa... Abstract: Categoria | Grupo de TCC Título | Cidade para pessoas: proposta de projeto urbano visando a caminhabilidade da Rua 25 de Março Autor(es) | Ariadne Silva de Sousa Maira Brigitte Moraes Pelissari Orientador(a) | Profa. Dra. Helena Napoleon Degreas Instituição | FIAM-FAAM Centro Universitário

Largo São Francisco e Praça Ouvidor Pacheco e Silva. Gestão Urbana (sem data) http://gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/rede-...

Centro Aberto - experiências na escala humana. Prefeitura de São Paulo; Secretaria Municipal de Desenvolvimento U... (2015) http://gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/wp-co...

Placemaking x gentrificação: a diferença entre revitalizar e elitizar um espaço público. Paula Tanscheit ‒ The City Fix Brasil (2016) http://thecityfixbrasil.com/2016/07/19/placema...

The Social Life of Small Urban Spaces. William H. White (2004) http://www.arch.mcgill.ca/prof/luka/urbandesig...

Medos privados em lugares públicos: Por que a cidade de madrugada assusta tanto?. Jardel Sebba ‒ Uol Tab (sem data) https://tab.uol.com.br/medo-urbano#tematico-3

Use a Cidade: O processo que faz o espaço urbano deixar de ser um problema e virar uma solução para as pessoas. Gabriela Fujita ‒ Uol Tab (sem data) https://tab.uol.com.br/cultura-urbana/#tematico-2

5 passos para criar comunidades de alto desempenho. Noah Friedman; Kristen Hall; Tradução de Gabriel Pedrotti ‒ Archdaily (2016) http://www.archdaily.com.br/br/784623/5-passos...

DECORATIVE LIGHTING. Platek (sem data) http://www.platek.eu/eng/catalogo.php?cid=1204

Rama Lighting. Landscape Forms (sem data) http://www.landscapeforms.com/en-US/product/Pa...

Subterrâneos Contentores Underground Containers. Formato Verde (sem data) http://www.formatoverde.com/es-ES/soterrados/s...

Largo São Francisco: Prolongar o período de uso, reconquistar espaços públicos. Espaço para encontro, lazer e descanso. Gestão Urbana; Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano ‒ Gestão Urbana (2016) http://gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/largo...

Deck Premium de PVC. Pertech (sem data) http://www.pertech.com.br/produtos-ctp/novadeck/